VLT de Cuiabá

4 12 2009

fonte: http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=Por_tras&id=66956

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Riva (PP), tem “lutado” pela implantação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) como alternativa para melhorar o trânsito em Cuiabá. Porém, como a ideia não “vai para frente”, ele acredita que há interesses maiores que impedem a implantação do sistema na capital. “Não querem o VLT nem se disser que é de graça”, ironizou o deputado.

GOSTARIA DE SABER QUAIS SÂO ESSES INTERESSES MAIORES





Alstom traz VLT para feira em São Paulo

12 11 2009

Canal do Transporte

A Alstom vai expor um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) na 12ª Feira e Seminário “Negócios nos Trilhos 2009”, que acontece esta semana, entre os dias 10 e 12, no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, em São Paulo (r. José Bernardo Pinto 333, Vila Guilherme). A companhia levará para o evento um modelo Citadis, que tem mais de 1,2 mil unidades encomendadas por 32 cidades no mundo.

VLT

Com piso baixo e movido a energia elétrica, o VLT tem capacidade de transporte de mais de 400 passageiros por veículo ou cerca de 18 mil passageiros por hora. Entre as tecnologias inovadoras do Citadis, a fabricante destaca a APS (alimentação pelo solo), em que o trem é alimentado pelo solo, dispensando o uso de catenárias.

“É com grande satisfação que a Alstom traz a São Paulo, pela primeira vez, um VLT para que as pessoas possam conhecer de perto como funciona este meio de transporte tão utilizado em outros países e que tem grande potencial para as cidades em plena expansão, como as que vão sediar a Copa de 2014”, destaca Philippe Delleur, presidente da Alstom Brasil. O VLT a ser apresentado na feira estava em exposição em Brasília, primeira cidade da América Latina a encomendar o veículo.

O governo de Brasília assinou um contrato de fornecimento do VLT com o consórcio Brastram, do qual faz parte a Alstom, cuja participação numa primeira fase é da ordem de €140 milhões. O projeto prevê o fornecimento de 16 VLTs Citadis e a construção de um trecho de 8 quilômetros de via – sendo 1,2 km usando a tecnologia APS.

Fonte: Canal do Transporte | www.canaldotransporte.com.br





Natal poderá trocar projeto do VLT por BRT

9 10 2009

Informação foi dada pelo ministro das Cidades, Márcio Fortes, e repassada pelo deputado federal Fábio Faria pelo Twitter.

Natal poderá substituir o projeto do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) por um de BRT (Bus Rapid Transit). A possibilidade foi levantada pelo ministro das Cidades, Márcio Fortes, durante audiência sobre a Copa de 2014 na Câmara dos Deputados na tarde desta terça-feira

Pelo Twitter, o deputado federal Fábio Faria (PMN), que participa da audiência com o ministro, antecipou a notícia. “Ministro disse q só p/ mobilidade urbana nas 12 cidades [sedes da Copa do Mundo], serão 5 bilhões [de reais]. Natal deve ter BRT, linha rápida de ônibus.Outras cidades terão VLT”, postou Fábio Faria.

Ainda de acordo com o deputado potiguar, Márcio Fortes disse que a intenção é de sanear pelo menos metade da capital potiguar. “Natal terá até 2014, no mínimo, 50% da área saneada”.

Fábio Faria postou também que “Serão criadas vias azuis p/tráfego de receptivos com turistas. Serão criados no gov o PAC da Copa e o PAC2,onde ficarão obras de saneamento”.

O deputado do PMN também escreveu que “Márcio Forte já avisou q o gov vai investir mais em Cuiabá e Manaus, p/ melhorar infra-estrutura turística”.

Fonte: nominuto





Primeiro metrô da Serra será em Friburgo

8 10 2009

O trem francês de Bordeaux é o modelo que o prefeito do município viu e gostou. O empreendimento será através de concessão pública

Rio – A viagem do prefeito de Nova Friburgo, Heródoto Bento de Mello, à França o fez reconsiderar alguns aspectos técnicos relativos ao futuro do metrô, o Veículo Leve sobre Trilhos, além de aumentar a vontade em vê-lo funcionando em Friburgo. A princípio, o sistema metroviário no município serrano teria um trecho suspenso, o que foi descartado. O prefeito constatou que o trem de Bordeaux — gerido pela empresa Alstom — percorre sem problemas grande parte da cidade francesa na superfície, junto ao trânsito e pedestres, sem que a rotina da cidade seja prejudicada.

Leia o resto deste post »




VLT de Santos

8 10 2009

Projeto em computação gráfica do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos da Baixada Santista, ligando Santos e São Vicente.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo





VLT custará R$ 165 mi para transportar 94 mil passageiros

6 10 2009

Veículo considerado dos mais modernos sistemas de média capacidade de transporte coletivo terá linha de 5 quilômetros

A implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), no trecho de cerca de cinco quilômetros entre o Bairro Bernardo Monteiro e a Estação do Metrô Eldorado, deve exigir investimentos da ordem de R$ 165 milhões. O projeto, já em estágio adiantado, prevê que 94 mil pessoas seriam atendidas pelo serviço.

Segundo estudos técnicos da Prefeitura de Contagem, o valor da implantação do VLT no trecho sugerido – R$ 33 milhões por quilômetro – representa um terço do custo estimado caso fosse feita a extensão do metrô na mesma linha.

Leia o resto deste post »





VLT de Contagem

1 10 2009

Prefeitas de Contagem e Betim percorrem trecho de possível implantação do VLT

Prefeitas Maria do Carmo, de Betim e Marilia Campos, de Contagem / Foto: Elias Ramos

Prefeitas Maria do Carmo, de Betim e Marilia Campos, de Contagem / Foto: Elias Ramos

As prefeitas de Contagem e Betim, Marília Campos e Maria do Carmo Lara, percorreram nesta manhã de quinta-feira, dia 1, o trecho da malha ferroviária sob responsabilidade da Ferrovia Centro Atlântica que vai da Estação de Carga do Eldorado, na Rua Jequitibás, estação Eldorado do Metrô, até a Estação de Carga Centro de Betim, na Praça da Estação.
A viagem teve o intuito de avaliar as condições para a implantação, no trecho, do  VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) para transporte de massas nesse vetor da RMBH.

As duas prefeitas foram acompanhadas pelo superintendente da CBTU, José Roizenbruch, pelo chefe de gabinete da CBTU, José Dória e pelo coordenador de relações institucionais da FCA, José Osvaldo Cruz.

fonte: Folha de Contagem








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.